A pedra angular de qualquer modelo de negócios é a sua proposta de valor que, de forma assertiva, deve indicar a forma como a organização deve se mobilizar em sua concretização.

Nós, de forma consciente, escolhemos nos preparar e trabalhar para, em todos os nossos projetos, ajudar os nossos parceiros de negócio a desenvolver a sua G.eN.T.e*, utilizando o corpo de conhecimento metodológico representado pelo termo “lifelong learning” e os paradigmas de valor dos modelos de negócio circulares.

O “lifelong learning”, em português algo como “aprendizagem por toda a vida”, está relacionado à ideia de que devemos ajustar constantemente nossos objetivos e perfil de aprendizagem de acordo com os momentos principais de nossas vidas e carreira. Ou seja, nossa capacidade de trabalho está relacionada ao desenvolvimento orientado de habilidades e competências, ao longo de nossas jornadas pessoais e profissionais.

Os modelos de negócio circulares se desdobram sobre o seguinte paradigma:

Por design e não por acaso, tudo o que fazemos deve manter o seu valor pelo maior tempo possível e, quando isto não for mais possível, sua restauração, ou regeneração, deve ser facilitada. Ou seja, o valor deve acontecer por design e não por acaso. Isto, para nós, é o VbD – Value by Design.

Assim, de forma pragmática, nossa proposta de valor se consolida da seguinte maneira:

Desenvolver as organizações, por meio de seus recursos humanos, de forma orientada, gradual e orientada a resultados, em busca de resultados de negócios sustentáveis e de valores concebidos por design e não por acaso.

 

RESULTADOS

A ATIVECON é uma empresa de consultoria de pequeno porte, de base familiar, mas de alto valor agregado. Com quase cinquenta anos de história, se desenvolveu sobre uma sequência lógica de necessidades de conhecimento sobre gestão do mercado brasileiro.

Assim, desde o início da década de 1970, tem desenvolvido projetos complexos de consolidação empresarial a partir dos eixos tradicionais de gestão: financeiro, infraestrutura e pessoas. Essa visão se desdobrou até meados da década de 1990, em projetos de destaque no agronegócio, construção civil, gestão pública e educação superior.

Nesta jornada destaca-se o papel de seu principal líder, Nelson Marinelli.

A partir de meados da década de 1990, o seu escopo de atuação foi se ampliando, em função da mudança das demandas das organizações brasileiras que precisaram rapidamente se adequar aos paradigmas dos mercados globais.

Nesta direção a ATIVECON, além de reforçar as suas competências originais, agregou novas em três grandes áreas:

– Gestão de Pesquisa Desenvolvimento & Inovação (PD&I);

– Educação & Treinamento;

– Branding Digital & Social;

A ATIVECON, como imperativo de relacionamento, não divulga em médias abertas o nome de seus clientes. Isto não significa que as referências comerciais necessárias para o estabelecimento de novos projetos não possam, ou devam, ser apresentadas no momento correto.

A imagem “Portfólio Geral” da ATIVECON apresenta de forma reduzida nosso escopo de atuação, de forma a atender esse imperativo, mas também lhe informar sobre nossa capacidade de atuação.